Escola do Legislativo

A Escola do Legislativo de Maria da Fé foi criada em 2017 com o objetivo de aproximar a Câmara do cidadão por meio da capacitação de agentes políticos e servidores públicos em assuntos de interesse político-institucional.

Além das atividades de capacitação dos vereadores e dos servidores públicos para o melhor atendimento ao cidadão, a Escola do Legislativo desenvolve projetos de educação política e cidadã com o fim de levar o cidadão mariense a conhecer como se estrutura e funciona a Câmara, qual é o papel do vereador e sobre os mecanismos de participação popular.

A Escola do Legislativo é também responsável por desenvolver as ações do Memorial da Câmara e incentivar a realização, a elaboração e o desenvolvimento de projetos na área da história e memória política do Município de Maria da Fé.

A Escola mantém, na sede da Câmara, uma biblioteca legislativa com um banco de informações e referências bibliográficas (publicações, teses, monografias, dissertações, entre outros) que tratam de questões e assuntos atinentes à política e legislação brasileira. Os exemplares, impressos à tinta e em braile, estão disponíveis para consulta no local.

 

Estrutura organizacional da Escola do Legislativo:

Presidência: Guilherme Caetano Braga, presidente da Câmara.

Direção: Rita de Cássia Almeida.

Coordenação Pedagógica e de Projetos: Samara Cristina Balbino.

Conselho Geral: Vereador Hélber Fernandes Borges de Campos, membro da Mesa Diretora; Adriana Stefany Diniz Rocha, Diretora Jurídica; Samara Cristina Balbino, Assessora Legislativa e Rita de Cássia Almeida, Diretora da Escola do Legislativo.

 

  • As funções e atividades administrativas da Escola do Legislativo são consideradas de relevante interesse público e não são remuneradas.

A Escola do Legislativo de Maria da Fé integra a Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas – ABEL e as redes das escolas dos Legislativos do Estado de Minas Gerais.

 

 

Funções de acessibilidade
Acessibilidade

Aumentar a fonte
Diminuir a fonte